quinta-feira



Só queria deixar de respirar, junto ao mar, escrevendo uma carta para quem nunca me deixou. Estou cansada do mundo, pela primeira vez. Os problemas estão a inundar-me a paciência e eu vou-me afogando, dia após dia pela minha falta de forças.

Já não consigo entender mais por que é que tudo cai em cima de mim quando eu estou menos bem, não consigo entender o porquê de só me aperceber dos meus erros agora, não consigo perceber rigorosamente nada que me faça feliz neste momento.

É um sonho a ir abaixo, são forças esgotáveis, o medo de abrir os olhos de manhã e saber que não foi um pesadelo, é mesmo a realidade. Desfaço-me em pedaços, tudo parece estar a cair, a ir abaixo, não tenho vontade de se quer falar do que me revolta, de todos os problemas que me estão a aparecer, só queria mesmo fechar os olhos e acordar com a minha boneca ao meu lado, estando pronta para enfrentar de novo, o mundo.

Estou farta de saber o que é sofrer!

4 comentários:

Patrícia Costa disse...

minha grande poeta!
meu grande anjo.

luisinha disse...

eu conheço a sensação...
dá voz ao que sentes, agarra tudo o que estiver ao teu alcance e vem ao de cima de novo e promete a ti mesma que não voltas ao péssimismo.
és linda daniii

Fajo223 disse...

Amo a maneira como escreves.
Nunca desistas , não dês prazer a quem te quer mal, em baixo.
És mais forte que isso (:

ॐPitahॐ disse...

já agr sou a fani :)
embora tenha aparecido fajo 223 --'