domingo


Estou a agarrar com força aquilo em que acredito, se não não vou ao lado nenhum. Nunca lutei por ninguém, nunca me senti obcecada por ninguém nem nunca estraguei nada tão importante. Não está estragado nem acabado, porque é a relação mais forte e dura que vi e vivi. Sou obcecada por aquele rapaz, sou teimosa, orgulhosa e manienta. Ele curte-me mesmo e eu também, discutimos montes, beijamo-nos ainda mais e temos uma amizade infalível e linda. AMO-O, de amar mesmo. Nunca gostei de ninguém a sério, 'digo-te assim' como ele diz. Comia e tava-me a cagar, se desse dava se não desse não dava! Havia mais para comer. Sempre tive pancada por aquele gajo e apaixonei-me, de verdade, pela primeira vez na vida. 7 meses e meio lindos, não me apetece falar deles porque vou ter saudades. E sim, vamos ter mais. Porque eu se quero, consigo. Por ele, tudo. ANDRÉ ALVES, ANDRÉ ALVES, ANDRÉ ALVES PÁ *-* SEMPRE!

2 comentários:

Cárina disse...

Daniela estou para quando precisares :)

pau disse...

é mesmo bonito amar-se e ser amado dessa maneira (: