quinta-feira


Acreditar, ver o que ninguém vê, sentir o que ninguém sente e amar como ninguém ama. Encontrar o teu rosto em qualquer canto, não te deixar sozinho, no silêncio da noite, o teu amor e o meu, tão juntos como a natureza e eu, tu és qualquer coisa de mim, que já nasceu comigo e já não sou ninguém sem o teu forte sorriso, quando me olhas e contas-me os teus segredos e me agarras nas mãos, quando me beijas em qualquer rua, toda a gente a passar e um beijo, dois beijos, três beijos á solta pelo ar, pela maresia que é o teu jeito, deixas-me a sonhar acordada e eu fico ali rendida ao teu encanto e á tua magia, ficas ali olhando e parece que te moves conforme os meus passos, choro quando não sei de ti e quando sofres porque me dói a mim, ver-te a sofrer meu rapaz de mar, de natureza. Estou eu sentada no teu colo e tu das-me beijinhos na testa e eu fecho os olhos porque é a maior calma da vida, tanta pureza e tanto amor, vontade de ti. Agora vou tomar um banho, vou vestir qualquer coisa, que gostes e vou ter contigo, está-me a apetecer meu anjo, tenho saudades tuas, vou pôr o perfume que tu gostas, vou levar-te no coração até chegar á tua boca e vou levar um papel escrito com qualquer coisa que te faça lembrar de mim, amor. Estou mesmo ansiosa por te beijar, por sentir que és o único rapaz de quem gostei de verdade, beleza de vida. Esta minha vida é só para ti e eu estou embalada nos teus abraços, que me das quando eu preciso, sem eu pedir, oh meu deus, como eu te amo meu fofinho :')

3 comentários:

Patrícia Costa disse...

grande mulher apaixonada- anjo

Galante disse...

é sempre a somar e a seguir muito bem daniela :)
Estou mesmo contente ^^

LANDIM.13 <33 @ disse...

muito bom :D
amar é bom...
continua a capacitar as palavras de liberdade , vais num bom caminho .

desculpa a invasão ;D